Pular para o conteúdo principal

Embed from Getty Images
                            
                       *** 


     O silêncio vive condenado aos decibéis dos condomínios, com suas pragas e imprecações, rock, tapas, sexo furtivo pelos corredores, uma anatomia do descaso nos varais improvisados, o mundo do silêncio nos elevadores, enfim, o sono inexistente dos ilustres anônimos - os condônimos.

***

Texto: Darlan M Cunha

Imagem: Arnd Gewald // GettyImages



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

graduação

  Certos bichos não se abrem nem com eles mesmos, sendo ao mesmo tempo o nunca e o nada, decididos a cavar minas e rinhas e tísicas, de modo a que algum dia talvez tenham a sensação de não se terem graduado em vão.  - Darlan M Cunha  

geopatia

  Ela reaparece, sutil, planeja nova investida, novo rumo, perguntas sem respostas esperam que de novo se abra a vontade que acenda o fogo e parta para uma nova viagem. Viajar é mais.  *** Darlan M Cunha

Uma certa MARIA